20 de março de 2010

Maioridade

Querida, 18 anos então...tô me sentindo muito velha, tu não tem noção de como o tempo passou rápido, a não ser pelos meus fios brancos e por te ver assim tão adulta e tão linda, parece que foi ontem que tu nasceu, que Deus me deu a chance de ser mãe pela primeira vez, entre erros e acertos tu está aí cheia de vida, uma vida inteira pra ser vivida. Aproveita MUITO o dia e a noite de hoje, porque o ontem já se foi e o amanhã só a Deus pertence. Não precisamos falar muito, a gente se entende por um olhar, num gesto eu sei se tu tá bem ou não e essa nossa cumplicidade nos une cada dia mais. Eu já falei várias vezes que pra mim tu é a irmã que eu não tive, isso as pessoas sempre falam que nós parecemos irmãs, eu me sinto muito orgulhosa disso. Agora com 18 anos muita coisa vai mudar, pra melhor com certeza mas uma coisa vai ficar marcada pra sempre essa tua essência que eu admiro tanto,a tua honestidade, sinceridade e principalmente a tua maturidade.Esse vai ser o teu ano, as pessoas certas estão chegando. Te amo

Nenhum comentário:

Postar um comentário